Os mitos e verdades sobre o pagamento por aproximação

Tempo de leitura: 1 minuto

A modalidade de pagamentos por aproximação vem se tornando cada vez mais popular, estando até mesmo nos mais novos smartphones. Com isso, caso esteja sem um de seus cartões, você pode realizar pagamentos em comércios que aceitam o pagamento por aproximação, utilizando o smartphone.

Porém, ainda há muitas dúvidas sobre “Pagamento por aproximação”. Por isso, neste artigo vamos explicar os mitos e verdades da nova modalidade de pagamentos.

1. Todos os cartões pagam por aproximação?

Mito. Nem todo cartão podem usar o pagamento por aproximação.

Essa modalidade de pagamentos funciona por meio de um sensor chamado “NFC” que quer dizer “Comunicação por campo de proximidade” na tradução. A mesma tecnologia usada em Bilhetes Únicos (metrô ou ônibus), onde basta aproximar o cartão da maquininha de pagamento para fazer o pagamento. A mesma tecnologia, porém reformulada para pagamentos em geral.

Portanto, tendo um cartão ou smartphone com o sensor “NFC” o pagamento por aproximação pode ser feito.

2. Pagamentos por aproximação não são seguros?

Mito. O pagamento por aproximação é protegido por criptografia, ou seja, os dados do cartão e dados pessoais ficam protegidos na hora do pagamento. Além disso, a distância para fazer o pagamento é de 3cm entre o cartão e a maquininha, dificultando o pagamento acidental.

É possível também ativar ou desativar o pagamento por aproximação pelo celular, por meio do aplicativo do banco ou carteira digital.

3. Esses pagamentos cobram taxas adicionais dos clientes?

Mito. Nenhuma taxa adicional é cobrada ao usar os pagamentos por aproximação, tanto no celular quanto no cartão. Lembrando que os cartões e maquininhas compatíveis com pagamento por aproximação geralmente se identificam pelo símbolo que se assemelha a um sinal de Wi-fi. E caso você não tenha o cartão com aproximação, você pode ativar esse recurso pelo Google Play ou Apple Pay para utilizar essa modalidade de pagamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *