7 erros que atrapalham suas finanças

Tempo de leitura: 2 minutos


Por mais que seja uma tarefa simples, boa parte das pessoas não conseguem ter um bom controle de suas finanças. Pois bem, existem vários motivos que influenciam as escolhas de quem precisa guardar dinheiro, como vida pessoal, vida profissional e/ou o momento do mercado.

Pensando nisso listamos os 7 erros que atrapalham suas finanças, para te ajudar a sair do vermelho!

Parcelar tudo

Parcelar tudo faz com você perca o controle, acumule dívidas e comprometa o seu orçamento. Apenas parcele quando for realmente necessário e busque pagar à vista as contas de pequeno valor.

Não planejar

Não traçar um planejamento pode prejudicar as suas finanças, já que sem ele não há como ter controle de gastos e organização do orçamento. É preciso ter metas de curto, médio e longo prazo. Apenas assim é possível se planejar e poupar.

Comprar por impulso

Os gastos desnecessários são inimigos da saúde financeira. Muita atenção com os pequenos gastos, que parecer ser inofensivos, como ir ao mercado frequentemente, compras desnecessárias na internet, refeições fora de casa etc. Diga “não” e controle os seus impulsos.

Pagar e não usar

Aquele pacote de TV por assinatura que você não assiste e a academia que você não consegue ir são exemplos de gastos desnecessários e que detonam o seu dinheiro.

Viver de aparência

Essa é uma prática que leva a frustração e consequentemente afeta a sua conta bancária. Os verdadeiros milionários possuem hábitos simples. Portanto, evite ostentar com a intenção de agradar os outros.

Medo de sair da zona de conforto

A zona de conforto é confortável, porém somente saindo dela é capaz de alcançar os objetivos. Quem não se acomoda está sempre em busca de novos desafios e conquistas, faz pequenos sacrifícios e sempre colhe os frutos.

Não se informa

O desinteresse pela informação pode afetar diretamente seu saldo bancário. Com o conhecimento é possível agir de maneira mais estratégica e efetiva para ter mais dinheiro, além das diversas informações disponíveis na internet. Porém é preciso estar atento para buscar fontes confiáveis.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *